Datos personales

Minha foto
Isadora Lopes,paranaense,21 anos,estudante de jornalismo. Sou apaixonada por maquiagem,cosméticos em geral,música,leitura e Jesus,sempre.

Seguidores

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Consumista,eu?!


Sou apaixonada pelo livro "Delírios de consumo de Becky Bloom"(e sua continuação), da Sophie Kinsella. No entanto,sempre achei impossível existir alguém tão "viciada" por compras como a personagem que dá nome ao best-seller.
Porém,nesses últimos dias,tenho percebido algo realmente estranho e novo em mim: o prazer pelo consumo. Mas quero deixar claro pra quem já leu Becky Bloom que meu prazer pelo consumo não se compara ao da Becky!
Sempre gostei de comprar,mas nunca foi algo exagerado e sempre era pensado. Agora não. Agora se vejo e gosto,compro.
Na semana passada fiquei constrangida ao perceber que comprei uma jaqueta pelo simples fato de estar em promoção.
O fato de estar comprando frequentemente me assusta por um motivo: sempre tive a impressão de que quem é maníaco por compras,na verdade está preenchendo um certo vazio existente dentro de si.

Mas em mim,que vazio seria esse?

6 comentários:

Stivie Sena disse...

axo q hj em dia esse prazer é normal
tb sou um consumista :D
e axo normal
ahuahua

Clara disse...

às vezes nem sempre precisa ser só quem é louco por compras. Fazer compras nos dá prazer, é realmente prazeroso. Teve uma época que quando eu estava estressada e tinha um dinheirinho, saia para comprar qualquer coisa, que me deixava relaxada (que coisa louca não?). E como aquelas pessoas que comem muito quando estão ansiosas.

Compras pode ser uma rota de fuga de algo que nos faz mal, pois causa um sentimento bom. Engraçado né?

bjooos

Irosvalmen disse...

Compre, viva. Sempre, e seja feliz.

fashioninfected disse...

Isso é normal. De tanto você ver coisas ao seu redor, é normal vir a vontade de comprá-las... isso nos faz sentir bem (não sei ao certo o que é isso, mas acontece).
É claro que o consumismo exagerado não faz bem, mas enquanto isso está controlado é um bem que nem tem como explicar, rs.
Beijos! e visita o meu blog :}

Camila disse...

Também tenho esse pensamento sobre
preencher um vazio dentro de si, precisamos de algo pra compensar!

Ah eu comecei a ler esse livro e parei por causa
dos milhões de livros que tive que ler da faculdade. Vou ver se retorno logo, me pareceu ser muito engraçado...

Taynara Ambrósio disse...

ME AJUDE POR FAVOR.

tive dois textos meus plagiados, e gostaria que vocês blogueiros me ajudassem a pedir para o 'ser' que publicou meus textos no blog, para dar os créditos OU deletá-los.

O plágio -> http://umabelamelodia1.blogspot.com/2010/07/so-resta-voce.html

Original -> http://trueslove.blogspot.com/2010/06/escolhas.html

Outro plágio -> http://umabelamelodia1.blogspot.com/2010/07/med.html

Original -> http://trueslove.blogspot.com/2010/06/experimentando-me.html

quem puder comentar lá, eu agradeço. Pois somente quem é blogueira(o), sabe como isso é revoltante, e lembrem-se: PODERIA TER SIDO COM VOCÊ.