Datos personales

Minha foto
Isadora Lopes,paranaense,21 anos,estudante de jornalismo. Sou apaixonada por maquiagem,cosméticos em geral,música,leitura e Jesus,sempre.

Seguidores

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Amizade Colorida?


Apesar do que possa parecer, eu não sou romântica. No entanto,gosto de escrever sobre sentimentos e entre eles o amor.


Na última semana, tenho pensado muito sobre quando uma amizade vira amor, ou quando uma amizade termina pelo amor e me pareceu que essa segunda opção acontece mais do que a primeira.
Mais uma vez,One Tree Hill,por ser minha série preferida,está ilustrando um post aqui. Dessa vez,os personagens são Brooke e Lucas.
Os dois começam como namorados,viram apenas amigos,voltam a ser namorados e terminam apenas como amigos.

Eu tiro eles como exemplo desse tema porque eu acho que a Brooke representa o que acontece com muitas meninas. É comum se apaixonar por um amigo. É comum,mas nem sempre é bom (ou inteligente).
Você é acostumada a conviver com aquela pessoa e ter ela pra conversar,dar risada,passar o tempo. De repente você percebe que quando ele fala de alguma menina você sente ciúmes. Você percebe que quando recebe uma mensagem dele seu coração bate um pouco diferente.
No caso da Brooke,por exemplo, ela teve que ver o melhor amigo e o cara por quem ela era apaixonada,namorar sua melhor amiga,a Peyton. Ok,por isso eu AINDA não passei.

Aí você resolve contar pra ele. Tudo bem,você acha que por serem amigos vai ser tudo muito tranquilo. Nesse dia,a palavra "amigos" nunca foi tão dolorida. A frase "somos apenas amigos" então,nem se fale...
O que eu acho que é difícil entender é como só você confundiu as coisas. Como só você se deixou levar.
Depois dessa conversa talvez o melhor seja se afastar. Mas,essa opção é muito doída. Você perde o que ele é antes de tudo. Você perde seu amigo.
Por algum tempo seu coração ainda vai bater mais rápido quando você o ver. Você ainda vai sentir ciúmes de alguma outra menina. Mas,por experiência própria,eu sei que isso passa.
E no fim,como no caso da Brooke e do Lucas,vocês continuam sendo amigos,ele te protege e te mostra quem realmente presta ou não e você fica muito,mas muito feliz de o ver com alguém especial. (No caso da Brooke,essa felicidade é mais difícil,porque como já disse,era a melhor amiga).
E pra terminar,um dos meus diálogos preferidos dos dois,quando as coisas estavam confusas:
Brooke: I wanted you to fight for me.
Lucas: How was I suppost to know that?
Brooke: You just are...
"só diga que não mudou o seu jeito de ser tão legal..."

6 comentários:

Iris disse...

Oi! Vi que você quer participar do quero ler!
O banner é o do topo do post :D
:*

Clara disse...

Olá moça! Obrigada pelo coment no meu blog! (meu caderno rosa)!

Obrigada pelos parabéns! Essa época do mestrado foi dura! rs Oh, não tenha pressa não, faz as coisas no seu ritmo e sempre pensando lá na frente, senão vai olhar para trás e ver que poderia ter seguido outros caminhos! experiência própria! =)

Vou te seguir tb! =3 Bjos para você!!

Carol Winchester disse...

Estou te seguindo também!

Ainda bem que nunca perdi nenhum amigo por causa do amor, e tomara que eu nunca perca.
Acho que antes de começar a namorar, ou a ficar com um amigo, a gente tem que pensar no que vai acontecer depois que tudo acabar.

Karol Rodrigues disse...

aiin amei o post, já passei por isso, acabei me apaixonando por meu melhor amigo, mas acho que tudo não passou de uma confusão de sentimentos ^^

ah, tô seguindo :]

Camila Paier disse...

Olá querida! Hahaha, lá no blog, quem criou o poema fui eu, sim.
Quanto ao post, não conheço One Tree Hill, mas acredito na amizade que se torna amor. Do lado do amor, a amizade é necessária. Só não confio no amor que vira amizade. Daí, é muiyta vanguarda pro meu retrocesso hahahaha
beijoca, flor!

Denise disse...

Olá querida, só hj vi seu post sobre amizade virar amor e achei muito interessante, pq em todos os casos de amor em minha vida, eles eram meus amigos primeiro e depois nos tornamos namorados e cheguei a me casar com meu melhor amigo rsrsrsrsr
O único problema, que com o divórcio, nos tornamos quase inimigos, mas passou.
Definitivamente, é um envolvimento perigoso mas acredito que todo o amor vale a pena...SEMPRE.
bjs lindinha.